Autoconhecimento

Parece piegas, mas não existe empreendedor que não precise trabalhar o autoconhecimento. Se desligar do mundo exterior e olhar para o nosso interior é uma prática diária, que, com o tempo, se torna necessária em nossos hábitos.
Quando passamos a perceber e analisar nossas forças e fraquezas internas, aceitando o fato de que precisamos fazer escolhas, precisamos assumir prioridades e, precisamos sim, aceitar e seguir em frente lidando com o que há de melhor e pior em nossos sentimentos; não há outro caminho que não seja o do autoconhecimento.
Como posso desejar o melhor para mim, para minha família, se nem eu mesmo conheço (ou assumo para mim) os meus próprios desejos?
Se nem eu mesmo sei quem sou, se não me reconheço, como agir e esperar algo do próximo?
Estou me sentindo realizado e livre ou estou vivendo um autoengano?
Se você já se questionou alguma vez sobre isso, bem-vindo ao clube! E parabéns! Afinal, o primeiro passo para qualquer conhecimento é a dúvida.
 
Chega mais! Vamos falar sobre isso!
 
As formas de conhecer a si mesmo são inúmeras, mas todas passam pela reflexão.
E reflexão é ouvir com o coração ❤
Ouvir o quê?
Os seus sentimentos. A sua voz interna. A sua consciência.
E é claro, não é só ouvir.
É ouvir e interpretar. Compreender e lidar com os sentimentos.
Leitura, listas de realizações, estudo musical, meditação, ouvir mais e falar menos, estar aberto a novas descobertas, conhecer novos lugares, fazer viagens, fazer amizades, fazer terapia…bom, são muitos os caminhos para os que buscam se conhecer melhor.
Eu sou adepta de algumas práticas, principalmente das listas. Listas me mostram como sou capaz de me sabotar e adiar planos. Sim, eu mesmo esfrego na minha própria cara as minhas falhas. Se não for assim, não haverá mudança de minha parte, admito. A autossabotagem é um local muito, muito confortável! Eu preciso enxergar claramente onde estão os meus nós, os meus gargalos.
Mas a atividade que definitivamente mexe comigo – é viajar sozinha! Ter que fazer novas amizades, não conhecer ninguém, visitar lugares em silêncio…para mim são experiências super valiosas!
Não tem uma viagem que eu faça, que não retorne com a cabeça fervendo de ideias, cheia de planos e anotações!
Cada doido com sua mania? Creio que sim!
E essa é a mágica do autoconhecimento: você descobre a sua loucura e como ela pode te ajudar a viver uma vida mais leve. É você com você mesmo.
Recomendo o autoconhecimento sempre, em qualquer mentoria, como parte de qualquer atividade empreendedora!
Recomendo porque acredito no equilíbrio das emoções, porque acredito na mudança. Acredito, principalmente, que o controle de nossas reações diante de determinadas situações seja uma condição fundamental para um ambiente com melhores seres humanos e, portanto, um ambiente com melhores negócios.
E que venham os melhores negócios!
Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s