Sobre Gratidão e Otimismo

Eu não sou otimista. Pelo menos, não me acho.
Me considero uma das pessoas mais realistas que conheço.
Para mim, otimismo está ligado à crença de que algo DARÁ CERTO. Dará certo no sentido do que foi imaginado.
O otimista é aquele que imagina um cenário ÓTIMO e acredita nele.
Mas e quando não dá?

Porque planos falham, pessoas falham, imprevistos acontecem, mudanças acontecem.
Não digo nem o ótimo, mas e quando nem o BOM vem? Quando só vem tiro, porrada e bomba?
Aí, meu amigo…nem sempre o otimista vai estar preparado.

A questão é que NÃO BASTA SER OTIMISTA. É preciso estar preparado. E a preparação da mente é uma das coisas que pouco damos atenção, mas que nos impacta diariamente.
E, ao meu ver, a preparação da mente está ligada ao que acreditamos. Na capacidade de acreditarmos que existe um motivo para vivermos determinadas situações, passarmos por certos acontecimentos.

Veja bem, isso nada, nada mesmo, tem a ver com conformismo.
Eu falo de aceitação e GRATIDÃO.
Sabe esse termo que está tão em voga ultimamente?

Muito se fala em Gratidão, mas será que as pessoas compreendem de fato o que isso significa?
Será, que se tudo começar a dar errado em sua vida, você permanecerá grato?
Talvez nos falte uma dose de humildade, para aceitarmos que, no fundo, aquilo foi o melhor que poderia ter acontecido ou que muitas vezes foi fruto de nossas ações.
E compreender isso é ser GRATO. É aceitar.

A energia da gratidão é transformadora. É quando você agradece, antes mesmo de ter recebido, porque, na verdade, pouco importa, o universo já lhe agraciou. É impossível não sorrir com este sentimento.

Quando eu digo que sou realista, é porque tudo isso é muito certo e claro dentro da minha cabeça. Eu não acho que “tudo será ótimo”. Eu tenho CERTEZA de que tudo o que acontece comigo pode me tornar uma pessoa melhor. Que se eu pedir bençãos e receber cacetadas, foi o certo.
Então eu sou grata.
É preciso preparar a mente para saber pedir, para saber receber, e, principalmente, saber agradecer.

Não perca sua vida perseguindo a perfeição do ótimo, porque talvez ele nunca venha. O ótimo está dentro de você. A perfeição habita em você. Viva esse ótimo que você busca. Viva e compartilhe com as pessoas que te cercam.
Fazendo isso só lhe restará uma única alternativa: ser feliz.

2 comentários sobre “Sobre Gratidão e Otimismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s