Sobre os empreendedores e suas histórias!

É muito comum a pessoa se sentir empolgada a ter um negócio, ir a algum evento, fazer um curso e, em vez de se imbuir do sentimento de “ação”, desanimar. Por que isso ocorre?

Antes de falar exatamente sobre isso e responder a pergunta, vou falar para vocês um pouco sobre histórias de vida.

São histórias que movem o mundo e inspiram pessoas. Nós crescemos ouvindo histórias e, quando adultos, elas continuam a nos motivar e mover. Histórias representam, no nosso cérebro, VERDADES. Diferente das propagandas, que na maioria das vezes exibem sonhos e desejos inalcançáveis, histórias de vida representam algo possível: afinal, “se deu certo com ele, dará certo comigo”. E assim, nos motivamos a seguir em frente.

200w_d (2)
huhuuulll

A questão é que, ao meu ver, nem sempre nos identificamos com o protagonista da história que nos é contada.
E aí, o carinha que está buscando empreender e não tem grana, pensa: “ah, legal, deu certo com ele, mas comigo é diferente! Eu não tenho nada! Ele arrumou dinheiro e fez dinheiro. Eu não tenho de onde tirar dinheiro!” E pá! Bate o desânimo.

Reparem que, quase sempre, o desanimo está associado à ausência de dinheiro. Mas enfim, voltemos ao caso.
Eu concordo com o carinha. É bem desanimador mesmo…ainda mais para quem está começando, que nem sempre está com o mindset fortalecido.

Mas será que o carinha estava ouvindo as histórias certas para o momento de vida dele?
Não estou dizendo que essa história não sirva para ele, de modo algum! Eu, por exemplo, sigo vários players do alto mercado que admiro e me inspiro muito!

Mas tenho o contraponto. Tenho meus “poréns”. Perto de mim tem exemplos tão legais! Exemplos reais e que, vejam bem: SE PARECEM COMIGO!!!

Pensem em uma mãe, que deseja desenvolver um trabalho em casa (online) para passar mais tempo com os filhos. Qual história será mais motivadora e inspiradora para ela? A de um executivo bem sucedido ou a de uma outra mãe, que, assim como ela, enfrentou o preconceito e partiu para realizar seu sonho?
Claro que que o segundo exemplo!!!

É possível escolher nossas inspirações. São como flores que colhemos em um jardim. E não precisamos ir muito longe não. Experimente conviver e admirar exemplos ao seu redor. Experimente conviver com experiências que deram certo – de pessoas que estão em uma situação parecida com a sua. De pessoas que são COMO VOCÊ.

Sabe o famoso, “gente como a gente”?
Tenha ambição sim. E mire sempre, claro, o mais alto que puder. Permita sempre que te puxem para cima e esteja de olho no topo, só cuidado para não tropeçar ao subir a montanha. Pessoas em situação parecida com a sua, terão prazer em dividir com você experiências. Escute-as.
Empreendedores adoram contar suas histórias! Sejam elas de fracasso ou glória.

E a sua, certamente, um dia será inspiração para alguém.

Bjs

Leia também:

Por que nos frustramos, mesmo fazendo o que amamos?

Mindset: a ginástica do empreendedor contra o desânimo

Tem gente que vende qualquer coisa, menos o seu produto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s